www.100Atalhos.com  Saber mais sobre: PEDESTRIANISMO | MONTANHISMO | BTT | CANOAGEM

  DOWNLOADS  ::  LINKS

AS CAMINHADAS

As Caminhadas »»

O BTT E OS TRILHOS

O BTT e os Trilhos

OUTRAS AVENTURAS

Outras Aventuras...

SOBRE O GRUPO

O Grupo...

Site ...

» Def. como HomePage
» Adic. aos Favoritos
» Abertura: 07/02/05
 

Produzido por:

Nº de Visitas:

[ 1032805 ]

 

Caminhadas / Percursos Pedestres                                                    «« Voltar 

 PR1 – Percurso do Vale do Cabrum (Resende)                                         Data: 22-02-2015


www.100atalhos.com » Grupo Aventura 100atalhos Click na foto para ampliar! Click na foto para ampliar! Click na foto para ampliar!
Click na foto para ampliar! Click na foto para ampliar! Click na foto para ampliar!
Click na foto para ampliar! Click na foto para ampliar! Click na foto para ampliar!
 

TRACK GPS

MAPA

PERFIL ALTITUDES

Download

Visualizar

Visualizar

» Nº de Downloads: 479

   

 
 



PERCURSO PARCIALMENTE SINALIZADO

O percurso inicia-se em Covelinhas, subindo um caminho de pedra em direcção à aldeia abandonada do monte de Covelas, onde desfrutará de uma visão panorâmica sobre o vale do Cabrum. Outrora, a agricultura e o pastoreio de vacas e cabras eram as principais fontes de subsistência desta povoação, hoje desertificada.
Continue a subir em direcção à povoação da Granja, de arquitectura tradicional, seguindo daqui por uma estrada alcatroada que o levará a um trilho que o conduz ao cruzeiro de Santa Eufémia, da autoria de António Madureira, o bruxo escultor. Atravessando o ribeiro do Taquinho, siga em direcção à aldeia da Panchorrinha, onde poderá percorrer as ruas estreitas e seculares da povoação, observando o seu património histórico e paisagístico.
De seguida, desça até à ponte da Panchorrinha, através de um caminho ladeado por muros de granito baixos e sinuosos, serpenteando campos agrícolas e de pastorícia, onde o espera uma paisagem de carvalhais galaico-portugueses, com locais privilegiados para merendar.
Abandonando a margem do rio Cabrum, prossiga até à aldeia de Ovadas de Cima, com os seus moinhos de rodízio, de onde desfrutará de uma visão panorâmica sobre a região. Desça em direcção a Ovadas de Baixo, e visite a Igreja matriz de S. Pelágio.
Antes de terminar o percurso, atravesse o rio Cabrum na ponte centenária de Covelinhas, ideal para a prática da pesca desportiva.

Fauna e Flora
Ao longo do vale do rio Cabrum observam-se interessantes locais de carvalhais galaico-portugueses (Quercus rober e Quercus pyrenaica), florestas de Castanheiros (Castanea sativa) e alguns sobreiros (Quercus suber). Nas zonas ribeirinhas encontram-se Freixiais, Amiais e Salgueirais, além da giesta nos caminhos.
Nestes locais, facilmente se encontram várias espécies de herpetofauna, nomeadamente a salamandra-lusitânica (Chioglossa lusitanica) e a lagartixa de montanha. No rio, habitam a lontra, o lagarto de água (Lacerta schreiberi), a truta, a boga comum e o bordalo (Rutilius alburnoides). A águia de asa redonda, os corvos, os gaios, os melros e os piscos de peito ruivo são as aves que por aqui se avistam. A raposa e o javali são mamíferos que procuram abrigo e comida na floresta adjacente ao rio. Nos pastos, observam-se exemplares bovinos de raça Arouquesa.

Geografia
Neste troço, de altitude variável entre os 600 e 900 metros, destacam-se as encostas de declive acentuado, caracterizadas geologicamente por terrenos graníticos. Aqui reina a paisagem de campos fechados, com os abundantes socalcos e muros que delimitam pequenas propriedades, onde se pratica uma policultura de regadio.
A Serra de Montemuro, na qual se integra o vale do rio Cabrum, marca a transição entre as regiões litorais, temperadas e húmidas, das regiões transmontanas, quentes e secas.
No vale do Cabrum desaguam diversos ribeiros de cursos sinuosos, dos quais saem “levadas”, como a do “Rego do Boi”, de origem medieval, em direcção ao Mosteiro de Cárquere, irrigando as terras e movendo os rodízios dos moinhos.
Toda esta área, de habitat rural concentrado, caracteriza-se pela biodiversidade animal e vegetal, bem como pelas riquezas geológicas, culturais e patrimoniais a ela associadas.

Aspectos de interesse
Ao longo do percurso, por caminhos medievais de pedra e terra, conheça o património histórico e paisagístico de povoados seculares.
Nos aglomerados rurais da Granja, Panchorrinha e Ovadas de Cima observe a arquitectura tradicional de construção em granito e cobertura em colmo.
Aproveite para ver as pontes da Panchorrinha e Covelinhas, dos séculos XVIII, locais privilegiados para a pesca desportiva, e os cruzeiros da Granja, Mariares, Panchorrinha e Ovadas de Cima, da autoria de António Madureira, o bruxo escultor. Os marcos da Universidade de Coimbra, na Panchorrinha, e os moinhos de rodízio, em Ovadas de Cima, são locais de passagem obrigatória.
Aproveite, também, para visitar a Igreja matriz de S. Pelágio (séc. XVIII), em Ovadas de Baixo, e a restante paisagem religiosa composta por capelas, alminhas e cruzeiros.
No regresso, não se esqueça de saborear, como entrada, o basolaque, seguido do anho assado no forno, o caldo de castanha e, para sobremesa, as típicas cavacas ou as falachas de castanha.

Fonte: cm-resende.pt

Coordenadas GPS:
N41 03.243   W7 58.895 (Inicio do Percurso)


Contactos Úteis:

Museu Municipal de Resende
: 25 4 877 200

GNR de Resende:
254877304

Bombeiros Voluntários de Resende
: 254877122

Centro de Saúde de Resende
: 254877101

 

. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .

..:: © 100atalhos.com | Webmaster: Luís Veloso ::..
Optimizado para ser visto numa resolução de 1024x768.